Expositores e entidade apresentam pautas de reivindicações ao vice-prefeito

A reunião com o vice-prefeito e secretário de Governo Paulo Lamac aconteceu ontem, 27/03. Duas pautas foram apresentadas e discutidas: uma pela Associação Feiras de Minas e outra pelos membros da Comissão Paritária Jorge Simbera, Vera Lúcia e Jussara Alves.

Uma comissão de expositores da Feira Hippie e de representantes da Associação Feiras de Minas foram recebidos em audiência pelo vice-prefeito e secretário de Governo da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Paulo Lamac. Participaram da reunião, dentre outros, os membros da Comissão Paritária da Feira Hippie Jorge Simbera, Vera Lúcia e Jussara Alves; representantes da Associação Feiras de Minas Cláudia Camargo (Feira Hippie), Marco Mello (Feira Hippie), Erik Charles (Feira da Silva Lobo), Guilherme Von Sperling (Feira Hippie) e Júlio Cézar (diretor Jurídico da Associação) e Nilda Pires, Patrícia Lage, Andréa Fernandes (ex-gerente de Feiras Permanentes), Paulo Miranda e Ana Paula Siqueira.

Reuniões entre agentes do poder constituído e entidades e/ou comissões de representantes que pautam e reivindicam em nome dalguma coletividade – neste caso, da Feira Hippie e demais feiras de BH – devem ser divulgadas com detalhes, em nome da transparência, da ética e do direito à informação daqueles ditos representados.

Neste sentido, congratulo-me com os colegas da Feira Hippie, Feira da Silva Lobo e diretores da Feiras de Minas pela iniciativa de informar à comunidade de expositores de BH sobre os detalhes das pautas apresentadas na reunião havida, expondo-se, assim, às críticas, aos reptos e, até mesmo, aos elogios da coletividade.

Do vice-prefeito e secretário de Governo Paulo Lamac, que deixou ótima impressão nos colegas, esperamos, no mínimo, sinceridade e ação. A Feira Hippie e demais feiras de Belo Horizonte são importantes vetores de desenvolvimento cultural, econômico e turístico.

Conheça as pautas discutidas:

PAUTA FEIRAS DE MINAS ASSOCIAÇÃO

1 – O reconhecimento e fortalecimento da Comissão Paritária, como instrumento maior para organizar e coordenar a feira da Afonso Pena, bem como todos assuntos inerentes a mesma.

2 – Manter o diálogo com as entidades representativas e lideranças da feira.

3 – Colocar em prática projeto de revitalização da feira (Visual), com banners de boas-vindas a clientes e informações de fila e setor nos corredores através de sinalizações.

4 – Realização de campanhas publicitárias para divulgação da maior Feira de Artesanato e Variedades a céu aberto do Brasil.

5 – Retornar com os eventos e atrações no espaço Cultural da Feira, com apoio da Belotur, visando dar um atrativo a mais para nossos frequentadores e clientes.

6 – Designação do novo gerente de Feiras e do novo presidente da Comissão Paritária o quanto antes, para a normalização de pendências na administração.

7 – Agendamento com representantes dos expositores junto a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, para informações sobre o processo de licitações das Feiras Silva Lobo e Barreiro.

PAUTA COMISSÃO FEIRA HIPPIE

01 – GERÊNCIA DE FEIRAS
01.01 – Definição de nome;
01.02 – Interlocutor entre executivo e expositores;
01.03 – Importância do gerenciamento da feira e suas mazelas e
01.04 – Utilização e divulgação da Logomarca da Feira.

02 -SEGURANÇA E POLICIAMENTO DA FEIRA
02.01 – Auxilio do gabinete militar;
02.02 – Implantação de um plano de segurança e
02.03 – Auxilio da Guarda Municipal.

03 – DIRETRIZES E FOMENTO MUNICIPAL COM RELAÇÃO À FEIRA
03.01 – Dia 19/03, dia da Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades da Av.Afonso Pena, “Feira Hippie”;
03.02 – COMUC – Conselho Municipal de Cultura;
03.03 – CODECOM – Conselho de Desenvolvimento Econômico Municipal;
03.04 – Investimentos (com retorno financeiro e popularidade);
03.05 – Parceria com a BELOTUR;
03.06 – Patrocinadores e
03.07 – Conforto aos usuários e frequentadores da feira tais como:
03.07.a – Criação de um fraldário (e espaço para amamentação – nota do editor);
03.07.b – Barraca de informações e referência;
03.07.c – Posto Policial Avançado e
03.07.d – Banheiros.

04 – SISTEMA DE FISCALIZAÇÃO
04.01 – Fiscalização voltada para o “Evento Feira Hippie” e
04.02 – Fiscalização no entorno da Feira Hippie.

05 – BHTrans
05.01 – Estacionamentos e
05.02 – Ordenação do trânsito no início, transcorrer e final do Evento (não punitiva, mas como orientadora).

06 – EVENTOS PARALELOS
06.01 – Renovação do Projeto Escadaria;
06.02 – Eventos na praça central da feira (portão de entrada do Parque Municipal);
06.03 – Eventos musicais no Conservatório da UFMG;
06.04 – Parceria com Universidades, Faculdades e Escolas Especializadas e
06.05 – Diversificação no setor de alimentação no estilo “comida de buteco”.

REPERCUSSÃO NA FANPAGE PAULO LAMAC OFICIAL:
https://www.facebook.com/paulolamacoficial/posts/1900784470199107:0

REPERCUSSÃO NA FANPAGE FEIRA HIPPIE
https://www.facebook.com/feirahippie/posts/1296664080388097

Foto: Fanpage Paulo Lamarc.

Site MODAMINAS.TOP será lançado

MODA MINAS TOP

Estamos na reta final. O site está 99% formatado, faltando apenas pequenos ajustes. Um site leve e ágil, programado para funcionar bem em computadores de mesa, notebooks, tablets e smartphones. Fizemos o simples, sem firulas, sem distrações.

O próximo passo é buscar a adesão dos expositores. Convidaremos os mais criativos de cada setor da Feira da Afonso Pena pertinente com o conceito de moda: Bijuterias, Complementos, Calçados, Bolsas e Cintos, Vestuário Adulto e Vestuário Infantil.

Conheça o projeto. Sua opinião, crítica e sugestões serão de grande valia no desenvolvimento do projeto.

http://modaminas.top

SOBRE NÓS

Moda Minas Top foi idealizado e é editado pelo casal de artesãos Cleuza e Carlos Soares. Expositores do setor de bijuterias da Feira da Afonso Pena, em Belo Horizonte, o casal resolveu divulgar, de forma inovadora, aquela que é maior e mais tradicional feira de artesanato e variedades da América Latina.

Moda Minas Top é o ponto de partida desse projeto. Um guia virtual com os dados de contato de 12 expositores selecionados entre os mais representativos de cada setor da feira relacionado a moda: bijuterias, complementos, calçados, bolsas e cintos, vestuário adulto e vestuário infantil.

Cada expositor selecionado tem uma página própria e exclusiva, na qual apresenta seus principais produtos e um resumo de sua história. No futuro criaremos o arteminas.top. Arte, de artesanato, de artes plásticas, de arte culinária e de artefato. De artesã, de artesão e de artista.

NOSSA MISSÃO

A Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades de Belo Horizonte, mais conhecida como Feira Hippie ou Feira da Afonso Pena, surgiu em 1969, na Praça da Liberdade. Em 1991 foi transferida, juntamente com outras feiras espalhadas pela cidade, para a Av. Afonso Pena, no centro da capital mineira.

Ocupando cerca de 8.500m² em espaço nobre e de fácil acesso, a feira acontece aos domingos, das 7 às 14 horas. São mais de 2 mil expositores, divididos em doze setores. Desses, seis setores estão relacionados à criação de moda: bijuterias, complementos, calçados, bolsas e cintos, vestuário adulto e vestuário infantil.

Divulgar a Feira da Afonso Pena é nossa principal missão. Tomando como base as nossas limitações atuais, iniciaremos esse projeto divulgando, neste sítio, 12 dos mais representativos criadores de moda, dos seis setores da feira relacionados a esse universo.

RESUMINDO…

“Viver é o meu trabalho e a minha arte.”
Michel de Montaigne (1533 – 1592)

Natal na Feira Hippie

NATAL NA FEIRA HIPPIE E NA FEIRA DO MINEIRINHO

A Feira Hippie funcionará em horário estendido nos próximos domingos, dias 18 e 25/12, das 7 às 15 horas.

A Feira do Mineirinho também tem programação especial para este Natal: funcionará dias 22 e 23/12, quinta e sexta-feira, das 17 às 22 horas e no dia 24/12, sábado, das 8 às 15 horas.

Aguardamos a sua visita.

FELIZ NATAL!